Kedas Rally de Portugal Fafe – Lameirinha

Capturar

Ontem começamos a etapa bem cedo, as 5h já estavam todos a bordo para seguir para Fafe.

O domingueiro do dia 25 foi dedicado ao Rally de Portugal, decidimos fazer uma coisa diferente da habitual para

fugir a monotonia. Combinado o ponto de encontro e organizado o meio de transporte a partida para o Shakedow, foi bem cedo imagem que as 5 da matina, já estávamos a caminho de Fafe. Seguimos até Povoação, local escolhido para o começo da nossa aventura, que apos a inclusão de um trajeto de BTT do GPSIS com o trajeto do Rally, por sobreposição um no outro traçamos a rota para começar a pequena aventura domingueira de BTT. Mal saímos do Carro em Povoação, notamos cá uma brisa agreste do “camano”, que esteve sempre presente até a hora do Regresso.

Escolhido o 1º local para a primeira passagem lá abancamos junto a rede para ver passar as maquinas, a hora prevista lá começaram a passar Ogier, Latvala, Kubika, Sordo, etc…

Entre a 1ª passagem e a segunda como havia um fosso horário, decidimos rolar mais uns kms e abancar noutro local, ai sim tínhamos uma vista da pista +-1km a dava para perceber a velocidade a que se deslocam as maquinas, principalmente as do WRC em que o andamento é de outra galáxia comparado com o restante pelotão, há o Helicóptero da reportagem para a televisão também deu grande show, era cada slide por entre as eólicas para acompanhar os bólides que até metia medo….grande piloto.

Aqui ficam alguns momentos registados:

NOVATEK CAMERA

DSC00436 DSC00437 DSC00438 DSC00440 DSC00448

Mais uma aventura TOP

Dia 9 saímos para mais uma jornada, pelas terras do Castelo, fomos sem destino até que encontramos uma fitas e decidimos “arriscar tudo” como é nosso apanágio, seguimos as mesmas, sem fazer a menor ideia para onde nós levavam.

No total rolamos cerca de 40 km, num ritmo descontraído e em amena cavaqueira, tínhamos já cerca de 20 km quando encontramos uns Betetistas, que andavam a efetuar o percurso, estes sim registados a preceito com dorsais e tudo,  questionamos que Raid era disseram que não era uma Raid era um passeio solidário “ Passeio dos Fontanários” que começou em Alvarelhos e lá prosseguimos a jornada! Uma coisa era certa se começou em Alvarelhos e tinha cerca de

35 Km não iriamos andar muito longe de casa.

Mesmo não estando inscritos no passeio, e pelo que vimos, estava tudo muito bem organizado, trilhos muito engraçados, com subidas e descidas excelentes, bem marcado, os sinais indicativos eram bem explicativos e muito visíveis, havia sempre pessoal nos cruzamentos com as estradas que se atravessavam.

Fica aqui o nosso compromisso para com os comparsas do Grupo FLY BTT se o passeio se realizar para o ano, podem contar com os Kedas para mais uma aventura.

Aqui ficam alguns registos tirados com a nossa máquina, podem ver toda a reportagem fotográfica e alguns vídeos no nosso Facebook.

DSC00399 DSC00401 DSC00412 DSC00416DSC00421 DSC00429