Raid da Mares 26-10-204

Saímos por volta das 7:30 do local habitual, para mais uma volta domingueira, tínhamos combinado efetuar o Raid das Mares na extensão máxima do seu percurso, com cerca de 54 km, mas como os bravos não andam de carro lá fomos nos nas bikes até meio do percurso (Vilar do Pinheiro) para apanhar a track e dar seguimento a mais uma aventura. E la partimos nós em direção ao monte da Santa Eufémia por alguns locais bem agradáveis de passar e que por sinal, apesar de serem perto dos locais onde habitualmente costumamos andar, muitos dos tracks eram desconhecidos aqui da malta.

 

Após a chegada a Santa Eufémia foi quase sempre a descer até chegarmos junto a praia, já debaixo de um calor intenso e com valores anormais para a época. Efectuamos a primeira e única paragem junto a praia de Labruge para comer uma barrita e tirar a foto da praxe com o pessoal que compareceu para mais uma aventura dos KEDAS.

DSC00644DSC00645

 

Daí até ao Cabo do mundo foi sempre a dar ao pedal, dado que o terreno assim o proporcionava, sempre pela ciclovia para o efeito delineada pelos organizadores do Raid. Ao chegar ao Cabo do Mundo entramos outra vez no monte para darmos seguimento ao percurso até ao ponto inicial, por sinal bem elaborado e que se fez a belo prazer porque o terreno assim o convida, pedalar certinho sem grandes paredes para atrapalhar a média.

 

Quando chegamos ao ponto inicial os nossos GPS tinha cerca de 67 Km efetuados com uma média de 16 km para um terreno maioritariamente próprio para BTT, secos por dentro e por fora dado que a agua que levamos acabou a cerca de 5, 6 Km do início, e como não poderia deixar de ser os líquidos foram repostos com a Cervejola da ordem bem jeladinha!!!!

 

Até a próxima aventura, aqui ficam alguns momentos:

 

DSC00657DSC00665 DSC00681 DSC00675 DSC00676 DSC00657 ???????????????????????????????

Anúncios

Meia Maratona da Povoa

Ontem fomos fazer a Meia Maratona da Povoa do Varzim, encontramo-nos por volta das 7:30 para então seguirmos para o ponto acordado para o começo do nosso passeio, pensávamos nós que era um passeio light dado que o acumulado era relativamente curto 657 metros, mas não, estes 675 metros de acumulado eram bastante penosos devido ao terreno pesado que encontramos. Os cerca de 44 Km foram efectuados a  belo prazer, dado que o percurso assim o convidava, com subidas e descidas sempre bastante técnicas, o que convidava a um desfrutar das maquinas, as subidas e descidas foram quase sempre um carrossel constante, mas muito agradáveis, intercaladas com uns single muito interessantes. A passagem por Rates um dos elementos deu corda aos pedais….. e sabem porque? O café de Rates tem boas historias de uns penaltis bem aviados, assim evitamos uma paragem que se podia tornar bastante morosa para o desenrolar do passeio. Com cerca de 20 e poucos Km paramos junto a um moinho de vento para tirar uma foto de grupo, foi a paragem que demorou mais tempo, de resto foi sempre a rolar outra vez ate a ultima subida para o monte se São Félix, e depois foi sempre a descer até as masseiras, com um ritmo mais elevado até sermos contemplados com o furito da praxe…. que alivio disserem alguns que já tinham a língua de fora. Lá trocamos a câmara e seguimos viagem para a Bomba mais próxima de forma a tirar a lama colada as nossas BIKES, sem antes como é claro deitar-mos abaixo um finito, bem caro por Sinal!!!!!!Mas soube que nem Ginja.

Para a semana espera-nos o Raide das Mares estão preparados??

DSC00577

DSC00575DSC00560


DSC00574DSC00555DSC00566

Noticia Extra:

O nosso camarada SALSICHA, já não se perde e sabem porque?

DSC00594

Comprou um LCD de 40 Polgadas….

Passeio roda empenada Estação Radar N° 2 Paços Ferreira

Capturar DSC00529 Ontem foi dia da Subida a estação de radar da Força Aérea, sediada em Paços de Ferreira no Monte Pilar, o ponto de encontro foi efetuado na Feira do Castelo da Maia, donde seguimos por volta das 8:30h rumo ao Monte Pilar, já com 30 minutos de atraso porque um dos elementos adormeceu e tivemos que ficar a espera da “peça”.

Lá partimos em direção aos Radares com a intenção de depois de subir os cerca de 5km da Serra da agrela por asfalto e mais 2 Km da Rua do pilar até aos radares, efetuar a descida “louca” e desenfreada até a igreja do inicio da subida da Agrela mas desta vez pelos trilhos próprios para o BTT, mas tivemos um empeno não na subida mas sim na descida numa das maquinas, em que a Roda sem se perceber como é possível acontecer ficou feita num OITO. Ainda tentamos dar um jeito para continuar a passeata mas sem sucesso, então valemo-nos do nosso amigo Toni para ir buscar a máquina e o elemento que teve de regressar a casa de carro. Apesar de ainda estar no choco o Toni prontamente disse que ia desenrascar a vitima, e combinamos um sitio na estrada para nós encontrar-mos, perto da fabrica do IKEA, mas um Sr. que  andava de JEEP no monte deu uma boleia a Maquina e ao elemento para um local mais próximo, ainda se encontra “gente” porreira e pronta ajudar.

 

Em nome dos KEDASBIKEZ agradecemos ao Toni a prontidão ao apelo no auxilio, mais uma vez o nosso OBRIGADO.

 

Aqui ficam alguma fotos do registo,

??????????????????????????????????????????????????????????????

 

 

DSC00529???????????????????????????????

 

???????????????????????????????DSC00535DSC00541